Artigos Finanças New Cash

O dinheiro não é metal. É confiança registrada!

No livro “A ascenção do dinheiro: a história financeira do mundo”, de Niall Ferguson, p. 32-33, se diz que

“atualmente, o caráter intangível da maior parte do dinheiro é talvez a melhor evidência de sua verdadeira natureza. O dinheiro é uma questão de confiança. talvez de fé: confiança na pessoa que está nos pagando, confiança na pessoa que emite o dinheiro que ele usa, ou na instituição que honra seus cheques ou transferências. O dinheiro não é metal. É confiança registrada. E não parece importar muito onde é registrada: sobre a prata, sobre a argila, sobre uma tela de cristal líquido. [Quase] tudo pode servir como dinheiro. E agora, ao que parece, o nada pode servir como dinheiro também, nesta era eletrônica”.

niall ferguson.jpg

A questão da confiança se tornou o ponto central de funcionamento e de controvérsia em torno do sistema financeiro atual. Quando o dólar se descolou do padrão ouro, que resguardava a escassez do “dinheiro” americano, o sistema fiduciário se impôs com a necessidade das pessoas exercerem verdadeira fé no governo americano. O padrão monetário do mundo deixava de estar atrelado a “algo” como a um metal precioso, para se tornar agora atrelado à “nada” além da mera confiança teórica numa suposta boa vontade e na capacidade do governo americano de honrar suas contas. Promessa essa cada vez menos crível.

Quando vemos as coisas desse prisma, começamos a entender a força da revolução baseada na tecnologia da blockchain, uma vez que oferece um substituto para essa confiança nas estruturas centralizadas de poder (constuídas em torno de governos e bancos). A confiança ainda precisa estar lá, mas agora ela está deslocada e colocada sobre a rede descentralizada e sobre o código que estabelece o princípio da transparência em todas as transações.

A blockchain nos ajuda a entender que a essência do dinheiro não é o meio de troca específico que esteja sendo usado entre as pessoas em determinado momento da história (seja ele conchas, prata, ouro, sal, ou papel moeda). A característica mais importante do dinheiro é a confiança das pessoas umas nas outras e no sistema que as conecta umas às outras. O meio de troca é apenas uma forma de representar essa confiança e facilitar as trocas entre todos os membros de uma rede.

moeda e criptomoeda.jpg

As moedas digitais descentralizadas são a tecnologia ideal para que as pessoas passem a entender o que o dinheiro é, de fato, e ele não é “metal precioso” nem “notas impressas em casas da moeda”, mas ele é confiança registrada! Por causa da blockchain, podemos atualmente decidir em que tipo de estrutura confiamos para registrar nossas transações e temos a escolha de migrar para um sistema descentralizado e transparente, muito superior ao sistema centralizado e obscuro com o qual a maioria das pessoas está acostumada.

Acesse: https://newc.com.br