Artigos New Cash

Os valores dos adeptos das moedas digitais!

O livro “Redes, liberdades e controle: uma genealogia política da internet”, de Benjamin Loveluck, conta resumidamente a história do desenvolvimento do computador e da computação, das redes e, por fim, da internet. Entender algumas coisas nessa trajetória toda pode ser esclarecedor no que tange aos valores da comunidade adepta de criptomoedas no mundo todo.

Valores.jpg

Loveluck nos diz que entre os primeiros especialistas em informática e/ou amadores na área começaram a existir valores comuns que iam “além do compartilhamento e da cooperação, e incluíam o espírito de emancipação do indivíduo que, por meio da comunicação em rede, seria capaz de se libertar das burocracias públicas e privadas”.

Aqui já estavam delineadas as principais aspirações do que viria a se materializar de forma radical no universo das criptomoedas. Compartilhar e cooperar em termos financeiros através da rede mundial de computadores é uma consequência natural dese pensamento. As dificuldades técnicas de implementar um sistema que possibilitasse isso só foi desenvolvida após muito estudo, mas o intuito nos parece agora que esteve lá desde o princípio.

Mas toda capacidade de comunicação e cooperação econômica serve a um propósito que vai além de si mesmo. A emancipação das pessoas das burocracias públicas e privadas.

Algumas pessoas vislumbram intuitos criminosos por detrás das criptomoedas, mas não questionam se não são as “burocracias públicas e privadas” é que são verdadeiramente criminosas e matam a liberdade humana na experiência de muitos indivíduos de nossa espécie.

A capacidade de escantear bancos, cartórios e tantas outras coisas através da cooperação mútua através da rede mundial de computadores não é e nem deve ser considerado crime. Acima de tudo, por que o impulso por detrás dessa capacidade não é fraudar nada, mas simplesmente escapar de intermediários caros e ineficientes (nada mais legítimo, não?).

Blockchain.jpg

Os valores dos adeptos das moedas digitais, ao contrário do que algumas pessoas querem fazer parecer, envolvem transparência, eficiência, imutabilidade, resistência à censura, tudo na esteira dos valores daqueles que desenvolveram a rede mundial de computadores de forma a possibilitar compartilhamento, cooperação e emancipação.

Acesse: https://newc.com.br